Após a puberdade as mamas são rígidas devido à quantidade de glândulas. Com o passar do tempo há uma diminuição da quantidade de glândulas, aumento da gordura e tendência à ptose (queda da mama). Além disso, a gravidez também é um importante fator de aceleração da ptose mamária.

A mamoplastia redutora vem como uma forma de reverter este quadro, suspendendo a mama e retirando o excesso de pele e tecido mamário existente. Ela é indicada para a redução de mamas volumosas e para suspensão de mamas ptosadas (caídas). Além disso, pode ser também indicada para correção de assimetrias entre as mamas.

Leave a comment