Otoplastia (Cirurgia para correção da orelha em abano)

perguntas_frequentes1) A cirurgia da orelha em abano deixa cicatrizes?
Toda cirurgia plástica deixa cicatriz. A cicatriz desta cirurgia é imperceptível, por localizar-se atrás da orelha, no sulco formado por esta e o crânio. Além do mais, como se trata de região de pele muito fina, a própria cicatriz tende a ficar “quase inaparente”.

2) Qual o tipo de anestesia?
Crianças: anestesia geral.
Adultos: anestesia local com sedação assistida ou a critério.

3) Qual o período de internação?
Anestesia geral: 24 horas.
Anestesia local: 8-12 horas.

4) Quanto tempo demora o ato cirúrgico?
Geralmente em torno de 90 minutos (bilateral), ou 45 minutos (unilateral).

5) Há perigo nesta operação?
O perigo não é maior ou menor que aquele de se viajar de automóvel, avião ou mesmo o simples atravessar de uma rua.

6) Há dor no pós-operatório?
Geralmente não. Quando houver a intercorrência de dor, poderemos combatê-la com analgésicos comuns.

7) Como é o curativo?
Faz-se a proteção da cicatriz com curativos pequenos. Protege-se a orelha (principalmente em crianças), nos primeiros dias, com uma espécie de touca, a fim de evitar traumatismos locais. Casos existem em que se envolve a orelha com fina película gessada, que é mantida por 2 semanas.

8) Quando são retirados os pontos? Há dor?
Em torno do 15° dia. Não existe dor na retirada.

9) Em quanto tempo se atingirá o resultado definitivo?
Assim que se retira o curativo já teremos em torno de 80 % do resultado almejado, porém haverá edema e equimose (inchaço e roxidão). Após seis meses é que se alcança o resultado definitivo, pois esse é o tempo do amadurecimento da cicatriz.

10) Não há o risco de “voltar o problema do abano” após a cirurgia?
Desde que devidamente conduzida a cirurgia e seguidos os cuidados pós-operatórios o risco de recidiva é pequeno. Convém salientar que uma leve assimetria sempre ficará, pois, mesmo as pessoas não operadas e que tenham orelhas normais, não apresentam simetria absoluta.