Mentoplastia

cirurgias_tratamentosmentoplastiaMentoplastia

Um queixo bem posicionado é fundamental para a harmonia e estética da face. Deve estar em equilíbrio com a boca, o nariz e a fronte. A mentoplastia objetiva correção dessa estrutura anatômica que pode apresentar-se retraída, avançada ou rodada (lateralizada).

O tipo mais comum de mentoplastia é feito com uso de implantes para correção do queixo retraído (para trás), que podem ser de porex (medpor) ou de  silicone. Estas próteses são colocadas  entre o osso e os músculos do queixo, por meio de uma incisão na parte interna da boca. As peças de porex são inertes, seguras, com baixo índice de infecção, e passam a ser incorporadas aos tecidos subjacentes após algum tempo. Já as próteses de silicone, podem causar reabsorção óssea a longo prazo. Resfriados, viroses e infecções dentárias, são contra-indicações à realização do procedimento. A mentoplastia é realizada a partir de uma pequena incisão feita por dentro da boca. A anestesia local é a mais indicada para a plástica de queixo. Caso a mentoplastia esteja associada a outras cirurgias, o cirurgião poderá optar pela anestesia geral.

Se a mentoplastia for realizada isoladamente, o paciente não precisará ficar em repouso; mas, deverá ter um cuidado especial com a higiene bucal durante as 2 primeiras semanas de pos operatório. Na dieta inicial recomenda-se comidas pastosas em temperatura ambiente ou fria. O inchaço regride naturalmente. O resultado final pode ser observado a partir do 6º mês.

O tempo cirúrgico médio é de 2 horas.