Vem chegando o verão…é um bom momento para cirurgias plásticas?

A estação mais quente do ano vem chegando e com ela surgem muitas dúvidas sobre sua relação com a cirurgia plástica, entre elas, a real influência das altas temperaturas, um possível aumento do inchaço, maior desconforto e até sobre a necessidade de repouso. Apesar desses e de outros fatores, é possível fazer cirurgia plástica no verão com resultados bem-sucedidos, desde que sejam tomados alguns cuidados adicionais em relação ao sol e ao calor.

Segundo o médico cirurgião plástico, Dr. Vítor Eduardo de Menezes e Souza, com a chegada do verão, algumas cirurgias lideram a procura por conta da rápida recuperação e pelo efeito estético que proporciona – a Lipoaspiração, que é a retirada dos excessos de gordura de regiões indesejadas, garantindo um contorno mais harmônico do corpo e a Mamoplastia de aumento, que é o implante de mama feito para aumentar o tamanho, remodelar e alterar a textura das mamas.

Muitas pessoas optam por esta estação do ano principalmente porque é, geralmente, o período de férias do trabalho e dos estudos. Com o aumento das temperaturas, é normal que haja um pouco mais de inchaço do que o usual. Isso resulta em uma recuperação mais longa e inspira mais cuidados, mas não prejudica os resultados.

“Com relação a lipoaspiração, é importante lembrar que deve ser sempre associada a drenagem linfática para ter melhor resultado. Já para a mamoplastia de aumento, recomendo que a paciente evite exercícios no início da recuperação, não deitar sobre a prótese, usar filtro solar e evitar exposição direta ao sol na área operada para conseguir o resultado esperado”, ressalta o cirurgião plástico.

Outra vantagem do verão é a maior disponibilidade de agendas de médicos e equipe médica mais livre, portanto você acaba tendo mais opções de datas. Se você for submeter a alguma cirurgia plástica, é muito importante procurar médicos cirurgiões plásticos que sejam especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Muito além de pesquisar custos, é importante pesquisar também o tempo de profissão do médico nesta área e as instalações da clínica e das salas de procedimento.

Deixe uma resposta