Clínica Geminus no 54º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica

Na semana que vem, entre 15 e 18 de novembro, os médicos cirurgiões plásticos, Dr. Sérgio Eduardo de Menezes e Souza e Dr. Vitor Eduardo de Menezes e Souza participam do o Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica em Florianópolis (SC). De acordo com Dr. Vitor, a 54ª edição do evento, será uma oportunidade única de aprendizado e troca de experiências. “Iremos trazer de lá, as últimas novidades da cirurgia plástica mundial”, ressalta Dr. Sérgio.

Programação do 54º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica

A programação científica, inovadora em conteúdo e diversidade de temas teve como critério maior de seleção, a relevância para a atualização e o desenvolvimento profissional.

O planejamento do 54º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica foi feito com base nas pesquisas de satisfação, críticas e sugestões coletadas nos eventos anteriores, buscando manter um equilíbrio entre as diferentes finalidades da cirurgia plástica.

Os convidados internacionais foram selecionados entre os mais renomados cirurgiões plásticos no mundo. No pré-Congresso, dia 15 de novembro, haverá a transmissão, via satélite, a partir do Instituto Marc Miami, de uma dissecção em cadáver fresco nas regiões nasal e órbito-palpebral. Os congressistas terão a oportunidade de ampliar seus conhecimentos nestas áreas com a inter-relação anatômica cirúrgica.

No mesmo dia, acontecerá o Simpósio para Desenvolvimento e Gestão de Carreira e Mercado de Trabalho (Sideg Nacional). O evento é voltado à capacitação profissional, sobretudo, do jovem cirurgião. Serão abordados a cosmiatria, a defesa profissional, entre outros assuntos.

De acordo com Dr. Sérgio, para oferecer sempre o melhor procedimento ao paciente, seja ele cirúrgico ou não cirúrgico, é necessário estar sempre atualizando, participando de congressos, estudando, pesquisando. “Sempre surgem novas tecnologias e formatos, por isso é essencial adquirir novos conhecimentos, realizar troca de experiências e aprimorar práticas”, completa Dr. Vitor.

Deixe uma resposta