Rejuvenescimento Facial – aparência suave e duradoura

A mamoplastia de aumento ainda é o procedimento estético mais realizado nos Estados Unidos pelo segundo ano consecutivo de acordo com os dados divulgados pela Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos. Mas a ritidoplastia – cirurgia do rejuvenescimento facial, está crescendo significativamente.

Segundo Dr. Sérgio Eduardo de Menezes e Souza, este aumento se deve ao fato da eficácia deste procedimento. “As pessoas estão descobrindo que a cirurgia de rejuvenescimento facial, ou lifting facial, é ainda mais eficaz e, muitas vezes, mais natural do que o botox” explica.

A combinação com outros procedimentos adicionais, como testa, bochechas, sobrancelhas e olhos garantem um resultado ainda melhor. “É claro que não é possível, através da cirurgia, transformar uma face de 40 anos em outra de 20. Apesar disto parecer óbvio, fazemos questão de frizá-lo, pois certas informações errôneas são transmitidas por leigos, fazendo alguns pacientes acreditarem na possibilidade de se fazer “o relógio do tempo” ser retardado conforme sua vontade”, ressalta Dr. Sérgio, esclarecendo, ainda, que a cirurgia pode proporcionar a correção de defeitos que o envelhecimento propiciou, como retirada do excesso de pele e suspensão das estruturas da face, o que acaba por levar à um rejuvenescimento.

O que posso alcançar com a ritidoplastia?

Este procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço tais como:

  • Flacidez no terço médio da face,
  • Vincos profundos abaixo das pálpebras inferiores,
  • Vincos profundos ao longo do nariz que se estende ao canto da boca,
  • Gordura que tenha baixado ou tenha sido deslocada,
  • Perda de tônus muscular na face inferior, podendo causar papada,
  • Pele frouxa e excesso de depósitos de gordura sob o queixo e a mandíbula.

Detalhando a ritidoplastia

Como a cirurgia é realizada?

Depende muito do paciente. O médico indica, por exemplo, qual o melhor tipo de anestesia de acordo com a avaliação do paciente. A incisão é feita na frente da orelha que se estende até o cabelo ou linha do cabelo. A incisão se estende para baixo na frente da orelha, vem sob a orelha e, em seguida, para cima atrás da orelha. Em seguida, termina no cabelo ou linha fina atrás da orelha. Se necessário, os tecidos mais profundos da face podem ser apertados. O excesso de pele é removido.

As incisões são então fechadas com suturas e grampos. Em alguns casos, um dreno é colocado sob a pele por trás da orelha para drenar qualquer excesso de sangue e fluidos. Este tubo de drenagem é removido um dia ou dois após o procedimento. Em seguida, aplicam-se ligaduras.

Quanto tempo demora o ato cirúrgico?

Depende muito da cirurgia (se incluirá pálpebras, fronte, pescoço) e da técnica usada. Pode demorar de 2 horas a até 6 horas. Sendo um procedimento cirúrgico, o tempo absoluto deixa de ter importância, pois, certos casos demandam maior desgaste de tempo em certas fases da cirurgia. O que importa é o resultado obtido e não o tempo de cirurgia.

Por quanto tempo persiste o resultado?

A cirurgia da face, pescoço e pálpebras rejuvenescem visualmente esses territórios. “Ela retarda, mas não interrompe o processo evolutivo do organismo”, explica Dr. Sérgio. O paciente continuará envelhecendo com o tempo, porém a partir de um visual mais jovem. Cada caso é analisado individualmente, durante a 1ª consulta. Desde que nos decidamos mutuamente a realizar a cirurgia (médico e paciente) é porque o resultado compensa. Caso contrário, seremos os primeiros a recusar a cirurgia.

Se você deseja consultar um cirurgião plástico para avaliação do seu caso, marque uma consulta no Centro de Cirurgia Plástica Geminus.

Deixe uma resposta