Preenchimento labial

Preenchimento labial: qual a dosagem ideal? Quanto tempo dura? É irreversível? É botox? Não faltam dúvidas sobre a técnica capaz de deixar os lábios maiores e é longa a lista de famosas que já se submeterem ao preenchimento labial para ter uma boca mais carnuda, entre elas, Lindsay Lohan, Nicole Kidman e Megan Fox e, recentemente, a cantora Anitta – que foi alvo de muitas críticas quanto ao procedimento que se submeteu.

 A perda ou falta de volume nos lábios leva muitas mulheres a investirem no preenchimento para melhorar o contorno da boca e emoldurar o sorriso. Apesar de eficaz, o procedimento, no entanto, exige alguns cuidados especiais para que não comprometa a harmonia do rosto.

Diferenças

preenchimento_labialDe acordo com o Dr. Sérgio Eduardo de Menezes e Souza, cirurgião plástico, a dosagem ideal depende do aspecto da face do paciente e do objetivo que se deseja com o preenchimento. “Existem preenchedores labiais temporários ou permanentes. Preenchimento labial, como o próprio nome diz, é para dar volume em alguma região, para minimizar os sinais de envelhecimento. É diferente do botox quanto ao seu mecanismo de ação, mas ambos são métodos de tratamentos de suavização de rugas faciais, amplamente usados pelo cirurgião plástico”, explica.

Ácido Hialurônico

 Uma grande variedade de materiais de preenchimento foi introduzida no mercado em curto espaço de tempo e vem sendo utilizada em larga escala. Segundo Dr. Sérgio, um material de implante ideal, além de ser biocompatível, deve ser de fácil uso e estável após injeção. “Apesar dos avanços na tecnologia e da existência de vários biomateriais de uso corrente no mercado, o ácido hialurônico é um dos preenchedores mais indicados pela baixa porcentagem de contra-indicações, facilidade de manuseio e durabilidade (duração de cerca de 10 a 12 meses). O ácido hialurônico é matéria-prima do nosso colágeno e, portanto, reconhecido pelo organismo, mesmo quando sintético”, disse.

 O Procedimento

 Sem cirurgia, sem cortes e sem internamento, os lábios podem ser preenchidos em poucos minutos, com anestesia local apenas.  “O corpo absorve o ácido hialurônico com o passar do tempo, em torno de 9 meses. Depois deste período, pode ser feita nova aplicação”, explica.

A recomendação pós-procedimento é que não massagear a região tratada logo após a aplicação. Dr. Sérgio também recomenda que é necessário evitar exercícios físicos durante as primeiras 4 horas após a aplicação. “É recomendável manter-se em posição vertical e não se deitar durante as primeiras 4 horas após a aplicação”, recomenda.

 Não gostei do resultado, é possível reverter?

 De acordo com o Dr. Sérgio para os preenchedores temporários, o efeito passará em alguns meses e, para os preenchedores permanentes, fica mais difícil remover o produto devido a abordagem cirúrgica implicar em manipulação cutânea e cicatrizes na área afetada.

“Embora a permanência tenha sido mencionada como uma qualidade essencial de um preenchedor injetável ideal, a longevidade do aumento nem sempre é desejável. Em caso de insatisfação do paciente com os resultados cosméticos, mudança das tendências estéticas, do gosto do paciente ou reações adversas tissulares, a duração transitória da maioria dos preenchedores injetáveis pode ser vantajosa”, ressalta Dr. Sérgio.

Quer saber mais sobre preenchimento labial? Agende uma consulta na Clínica Geminus! Você será muito bem-vindo aqui.

Deixe uma resposta